domingo, 19 de fevereiro de 2012

O barco do meu Ser






Sigo em frende jamais irei parar minha jornada, mesmo que a dor tente ofuscar minha esperança, mesmo que a dor no peito esteja tão forte que mal posso respirar, não desistirei jamais, Mesmo que as lutas e circunstâncias me façam dilatar os olhos em lagrimas, Não desistirei jamais pois sei muito bem em quem eu tenho Crido, sei que Ele pode acalmar a tempestade sei que ele pode trazer a bonança em minha vida há qualquer momento.  Prossigo em frende em busca de algo melhor, de uma nova patria, de uma nova moranda de um novo lar, onde o autor e fundador e o proprio DEUS, bem de vagar, pouco me importa o vendo há tempestade ou a mare,. Ainda sim digo outra vez... Prosigo em frente, a cada  brisa meu barquinho avança mais um pouco, meu barco não e lá um Iate ou um barco a vapor, nem mesmo um trans atlântico luxuoso e sim um barquinho a velas sustentado pela mão de DEUS,  guiado pelo vendo do Espiríto Santo,. Coloquei um lema em meu barco, esta estampado com letra bem grandes é legivel "Fé e esperança".

Como  que flutuando sobres as aguas, prossigo em frende deixando o porto de onde vim, é de onde não voltarei jamais, pouco me importa o que fica ou o que deixo para traz, meu alvo esta a frente,. Minha jornada e grande, pode durar uma vida toda ou as vezes pode ser imterrompira em meio alto mar. Aquele que me sustem é quem sabe, pois Ele tem a rota e o mapa.
Mas de uma coisa eu tenho a convicta certeza chegarei lá,.
Ao longo de minha jornada ao meio do caminho me deparo com varias outras pessoas com o mesmo objetivo , estão em busca da mesma patria, mas ao ler seu lema alçados em seus barcos vejo que  não irão muito longe,. Pois tem os lemas Glorias e riquesas.
Vejo também muitos navios de grande porte como Iates luxuosos, Alguns trans Atlânticos, cheios de luzes com musica alta, curtindo a vida, tomando seus champanhe aproveitando ao maximo como bem lhe parecer, pude perceber que estavão cheias de pessoas todas sorrindo e bastante alegres,. Este tem o seu lema "glutonices e prazeres carnais", estão em busca da Terra da Felicidade e dos Prazeres. Eles passam por mim ha toda velocidade as ondas chegam a movimentar meu barquinho de madeira.  Mas não paro de seguir, fico observando, sou um mero observador. Continuo minha jornada de acordo com a força do vento do Epiríto Santo que sopra sobre as minhas velas, pouco a frende me deparo com aquele barco que passou por mim pouco atraz  há toda força é velocidade cheio de luzes é de pessoas felizes, se encontram  Náufragado eles depararam com o iceberg da desinlusão, ó qual veio a fazer um grande corte na polpa de seus barcos  levando-os ao náufragio,  sobrando apenas alguns destroços, pude ver varias pessoas agaradas aos pedaços dos destroços que restara daquele grande barco tentando assim salvarem suas vidas. Pude me recordar alguns estantes a traz estas pessoas  em suas cabines de luxos, em suas banheiras de hidromassagens tomando seus vinhos e uísques caros, agora estão a beira da morte apegadas apenas há algumas caixas de uísques vazias que flutuam em alto mar,  se encontram  dentro de um mar congelante, estão  a beira da morte,.  Sua circulação esta quase congelada, seus orgão não estão funcionando como deveriam,  seus coraçoes batem lentamente, conta-se as ultimas batidas, então em estado de choque,  estão sofrendo uma hiportemia, seus rostos estão palidos, Já não pude ver o sorriso dantes estampado em seus rostos. 
Pude perceber algumas pessoas já mortas, alguma respirando o seu ultimo folego de vida, seus coraçoes pulsando as ultimas batidas,  mas mesmo assim agarradas aos seus baus de Joias, com esperanças  que seu ouro e suas joias  os pudesse salvar. 
  
Disse há eles que existe alguem que os poderiam Salvar, Falei que esse alguem se chama  JESUS, que ele queria ajuda-lo há contruir um barco igual ao meu,  que ELE os levaria a navegar suavemente as aguas tramquilas é lhes mostraria o refrigerio em suas Alma,. Mas mesmo assim não me deram ouvidos, me falaram que um barco como o meu  e muito pequeno e não poderia levar seus baus de ouro,. É que também não tinha capacidade para fazerem suas festas.

 Alguns me pedem para leva-los em meu barco mas os expliquei que meu barco e muito pequeno  cabe somente há mim,. Disse que sempre passava por ali um homem Chamado JESUS que anda por sima do mar, Ele sempre esta bem perto deste lugar, é um homem de bondoso coração sempre faz questão de ajudas as pessoas que deparam com esse iceberg.

 Pude falar que ELE  os ajudaria a contruir outro barco com os destroços que sobrarra.   muitos aceitaram a ajuda daquele homem de cabelos brando e vestes resplandeçentes,.   outros escolheram ficar agarado aos destroços e esperar a morter.
Outra vez digo: Prosigo em frente não posso parar, Não posso parar, não olho para traz,  prosigo em frende pois minha jornada e longa e comprida.

"E o anjo do SENHOR tornou sengunda vez, e o tocou, e disse: Levanta-te e come, porque mui comprido te será o caminho." (1 reis 19.7) 

  

Autor do Texto:  Felipe Camargo Peres Carneiro
escrito no dia 18/02/2012  

2 comentários:

graciely disse...

MUITOOO LINDOO PARABENSSS AMIGOO

felipe_Camargo disse...

Obrigado, minha querida amiga, que DEUS continue lhe abençoando. Fica com DEUS, PAZ do SENHOR.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...